Nota da CNC – Greve dos caminhoneiros

AddToAny buttons

Compartilhe
logo da CNC
Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo manifesta a expectativa de que o País possa voltar à normalidade
Crédito
Ascom/CNC

Em relação à greve dos caminhoneiros, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) se soma aos demais segmentos empresariais que acompanham com grande preocupação os desdobramentos do movimento, tendo em vista os impactos nos negócios, na economia e na sociedade como um todo.

A paralisação dos transportes e o bloqueio de estradas afetam diretamente as atividades e a logística de milhões de empresários do comércio de bens, serviços e turismo, prejudicando a circulação de pessoas, bens e mercadorias, gerando desabastecimento e até mesmo riscos para a saúde e a vida da população.

A CNC lamenta que a situação tenha alcançado as proporções do quadro atual, sem que governo e transportadores tenham chegado a um acordo que evitasse prejuízos ao País. E manifesta a expectativa pelo fim do movimento e dos bloqueios, para que o País possa voltar à normalidade.