Sistema Comércio se mobiliza para ajudar Amazonas na pandemia

AddToAny buttons

Compartilhe
19 A 20 jan 21
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
José Roberto Tadros, presidente da CNC, formalizou a doação de 100 cilindros de oxigênio em carta enviada ao governador do Estado, Wilson Miranda Lima
José Roberto Tadros, presidente da CNC, formalizou a doação de 100 cilindros de oxigênio em carta enviada ao governador do Estado, Wilson Miranda Lima
Crédito
Divulgação/CNC

O Sistema Comércio tem se mobilizado nos últimos dias para ajudar o Amazonas, cuja capital, Manaus, enfrenta um momento de extrema dificuldade por conta da pandemia do novo coronavírus. Em carta dirigida ao governador do Estado, Wilson Miranda Lima, o presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Tadros, formalizou a doação de 100 cilindros de oxigênio, “objetivando contribuir com as medidas de enfrentamento à pandemia para mitigar os impactos nas emergências da rede pública e privada de saúde”.

A Confederação está doando também 5 mil pares de luvas e mil de máscaras descartáveis, 3 mil unidades de máscaras descartáveis do tipo PFF2/N95 e 100 oxímetros (aparelhos que medem os níveis de oxigênio no sangue). Natural do Amazonas, José Roberto Tadros se solidarizou com o povo amazonense e reafirmou que toda infraestrutura e capilaridade do Sistema Comércio, atuante em diversas regiões do Estado, estão à disposição do poder público municipal e estadual, como forma de apoio no enfrentamento à covid-19. “Essa situação não pode continuar. Oferecemos nosso apoio irrestrito às pessoas e às autoridades, para que possam ser construídas condições reais de solução dos problemas. Estamos à disposição para colaborar no que for necessário”, afirmou Tadros, mencionando a formação de um grupo de trabalho para tratar do tema na CNC e a criação do Movimento SOS Manaus.

A CNC e a Fecomércio-AM, em conjunto com seus braços sociais, Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), estão trabalhando de forma coordenada por meio do SOS Manaus, com o objetivo de auxiliar o governo do Amazonas no atendimento a pacientes com a covid-19.

Distribuição de oxigênio

Como uma das ações desse movimento, o Sesc e o Senac Amazonas disponibilizaram quatro caminhões e uma van para o transporte de cilindros de oxigênio na região. Os veículos conseguem levar mais de 15 toneladas de equipamentos e, até esta segunda-feira, já transportaram 2.237 cilindros para unidades de saúde da capital. A ação visa acelerar a distribuição dos insumos, já que, por conta da grande demanda de internações por covid-19, cada vez mais pacientes vem precisando fazer o uso de ventilação mecânica e oxigênio.

Sesc e Senac têm ajudado ainda na transferência entre leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e na arrecadação e entrega de kits com lanche e água a profissionais de saúde e 1acompanhantes de pacientes – já foram entregues cerca de 400 kits até o momento.

Teleatendimento

O Sistema Comércio também tem se movimentado internamente para auxiliar os colaboradores mais afetados pelo surto da doença. A CNC, por meio dos profissionais que trabalham na Gerência Executiva de Saúde (Serbem), vai prestar teleatendimento emergencial, oferecendo orientações e esclarecendo dúvidas dos funcionários da Fecomércio, Sesc e Senac em Manaus, com atendimento extensivo aos seus familiares.