Fecomércio-SP sugere à Prefeitura ampliação do prazo de pagamento do IPTU e do ISS na capital

AddToAny buttons

Compartilhe
19 A 20 mar 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Como prazo para amortização, a Fecomércio-SP sugere 18 prestações mensais, iguais e sucessivas
Medida visa reduzir o impacto da crise do coronavírus nos negócios locais
Crédito
(Arte: TUTU)

19/03/2020

Em decorrência do agravamento da crise do coronavírus na cidade de São Paulo, a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio-SP) entrou em contato com a Prefeitura da capital para apresentar pleitos setoriais relativos à cobrança de impostos e ao transporte de carga.

A entidade sugere a ampliação do prazo de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto Sobre Serviços (ISS), ambos referentes aos próximos seis meses, contados a partir de março. Quanto ao ISS, também precisa valer para as empresas optantes pelo Simples Nacional (quota municipal), com a instituição de um parcelamento especial.  

Como prazo para amortização, a Fecomércio-SP sugere 18 prestações mensais, iguais e sucessivas.

Outra proposta apresentada foi a suspensão dos pagamentos decorrentes dos programas especiais de parcelamentos ativos de dívidas tributárias pelo prazo de seis meses, sem a imposição de multas, juros e correção monetária.