Projeto Empoderando Refugiadas formou 30 mulheres com apoio do Senac Roraima

AddToAny buttons

Compartilhe
05 A 06 out 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Instituição foi parceira do programa que capacita e interioriza mulheres venezuelanas para o mercado de trabalho
Instituição foi parceira do programa que capacita e interioriza mulheres venezuelanas para o mercado de trabalho
Crédito
Fecomércio-RR

O auditório do Senac São Francisco recebeu, no dia 13 de outubro, as 30 mulheres venezuelanas que se formaram na segunda edição do Empoderando Refugiadas, em Boa Vista, e a quinta edição do projeto em nível nacional.

A cerimônia foi transmitida ao vivo pelo YouTube do Senac Roraima, um pedido de todos os parceiros do projeto, que queriam ver as alunas recebendo os certificados que vão promover mudanças em suas vidas.

Iniciativa da Agência da ONU para Refugiados (Acnur), Rede Brasil do Pacto Global e ONU Mulheres, o Empoderando Refugiadas tem três etapas: a seleção, dentro de abrigos para refugiados, de imigrantes aptas a trabalhar em empresas parceiras do programa; a capacitação por meio de cursos para as mulheres e palestras educativas para suas famílias; e contratação pelas empresas parceiras.

A turma participante da formatura começou a estudar em setembro e era composta por mulheres vivendo nos abrigos Latife Salomão e Rondon 2. Foram 80 horas de aulas sobre atendimento ao público, vendas, legislação brasileira, empreendedorismo, português e habilidades socioemocionais. Todas elas ministradas por instrutores do Senac Roraima, na grande maioria das vezes ao vivo e on-line.
 

A diretora regional do Sesc e do Senac, Lisiane Carnetti, destacou o trabalho realizado pelos instrutores e todo o time envolvido no projeto de entregar não só certificados às mulheres naquela noite, mas esperança e possibilidades.

“Quero pedir a vocês que agarrem isso que vocês estão ganhando hoje. Que, quando vocês acharem que já fizeram tudo o que podiam, que peçam a Deus força para ver que ainda dá para fazer mais um pouquinho. Nós do Senac desejamos sucesso, realizações e que a cada dia vocês consigam agradecer pela saúde e pela oportunidade”, afirmou.


São parceiras também a Associação Voluntários para o Serviço Internacional (AVSI Brasil), Programa de Apoio à Recolocação de Refugiados (PARR), Foxtime, We Work, Grupo Mulheres do Brasil, Aliança Empreendedora e Operação Acolhida. As mulheres serão contratadas por empresas como Carrefour, Sodexo, MRV, Uber, Unidas e Lojas Renner.