Sesc Roraima comemora 20 anos da Estância Ecológica em Tepequém

AddToAny buttons

Compartilhe
08 A 09 out 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Sesc Tepequém é conhecido pela estrutura de qualidade, atendimento, boa alimentação e opões de lazer
Sesc Tepequém é conhecido pela estrutura de qualidade, atendimento, boa alimentação e opões de lazer
Crédito
Sesc-RR

08/10/2019

Um dos maiores polos turísticos do Estado de Roraima, a Estância Ecológica Sesc Tepequém, no município de Amajari, completou 20 anos. As comemorações ocorreram durante todo o mês de setembro, encerrando no dia 28 com a gastronomia -típica da culinária roraimense, a cargo da chefe Kalu Brasil, que apresentou os mais variados pratos.

O evento contou com as presenças do diretor-geral do Sesc Nacional, Carlos Artexes Simões, e da diretora regional do Sesc Roraima, Lisiane Carnetti. Anfitrião, o presidente da Fecomércio-RR, Ademir dos Santos, que também é 2º diretor Financeiro da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), comemorou as conquistas que a Estância trouxe para os trabalhadores do comércio e, também, para o público em geral do estado.

"Costumo dizer que a Serra do Tepequém tem duas histórias: uma antes e outra após a chegada do Sesc, que tem uma estrutura de qualidade nas instalações, no atendimento, na alimentação e no lazer. Somos uma reserva particular que possibilita atividades ecossistêmicas, contribuindo para a manutenção da biodiversidade, além de valorizar a história, os saberes e fazeres locais e a conservação do patrimônio natural", pontuou dos Santos.

Francisco Galvão, empregado do Sesc há 15 anos, conta como a Estância modificou a realidade da região. "O Sesc aqui no Tepequém trouxe muitos benefícios à comunidade, e não falo isso só porque trabalho na instituição, mas porque observamos o aumento na geração de empregos, na realização de trabalhos culturais e em outros eventos. A comunidade precisava de um incentivo para promover atividades assim, ajudando a crescer a economia e a renda das famílias", afirmou.

#SescTepequém20anos

Em 1999, o Sesc assinou o recibo de compra e venda do sítio Cocal. Em seguida, em 2001, recebeu o certificado de Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), integrando a política nacional de preservação da biodiversidade, assumindo seu papel de proteger uma significativa parcela da Serra do Tepequém, região com particularidades e belezas singulares.

Além de reforçar e elevar a autoestima do grupo local, consolida a marca Sesc como parceiro fundamental para a valorização das pessoas e das identidades locais, possibilitando o progresso econômico e social das comunidades em seu entorno e do município como um todo.

Hoje, o maior patrimônio que vimos no Tepequém são as belezas naturais, com fauna e flora só encontradas na região, além das formações rochosas e cachoeiras, somadas à imensidão verde do lavrado, céu azul e pôr do sol radiante. Lugar de magia singular, assim como o Sesc.