Setor produtivo baiano reúne parlamentares em Brasília

AddToAny buttons

Compartilhe
22 A 23 ago 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade (ao centro), destaca: "Queremos ampliar o diálogo e as parcerias com a bancada federal".
Presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade (ao centro), destaca: "Queremos ampliar o diálogo e as parcerias com a bancada federal".
Crédito
Paulo Negreiros

22/08/19

Sob a coordenação da Fecomércio-BA, em parceria com as federações produtivas da indústria e da agricultura (Fieb e Faeb), além do Sebrae, foram apresentados aos deputados federais da Bahia, na quarta-feira, (21/08), em Brasília, dados da produtividade dessas entidades e sua importância para o desenvolvimento do País, com ênfase nos trabalhos das instituições que compõem o Sistema S — braços sociais das Federações. 

A empreitada foi liderada pelo presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, que também é diretor da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), durante um café da manhã no Restaurante Senac, na Câmara dos Deputados. “Os números demonstram a necessidade das ações do Sistema S por todo o Brasil, em especial, na Bahia, onde queremos ampliar o diálogo e as parcerias com a bancada federal, no engajamento de um trabalho que beneficia milhares de pessoas”, ressaltou Andrade. 

Com o compromisso de fortalecer a atividade produtiva, valorizando as ações do Sistema S, o coordenador da bancada baiana, deputado Daniel Almeida (PCdoB), destacou a construção de uma agenda positiva com as Federações, que se reuniram pela primeira vez para apresentar um balanço. 

“É bom ter aqui as representações do Sistema S, porque o parlamento é o espaço do debate, da formulação de políticas, definição de lei e ações, junto com a sociedade e o setor, para garantir que instituições como essas que compõem o Sistema S possam ter suas atividades reconhecidas e fortalecidas”, afirmou.

Participaram da iniciativa o diretor superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, e o presidente nacional do Sebrae, Carlos Melles; o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Humberto Miranda; o diretor executivo da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Vladson Menezes; o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins; e o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, que afirmou que a proximidade com o Sistema S é fundamental para formular políticas públicas de fortalecimento do País.

Entre os parlamentares, estiveram presentes as deputadas Alice Portugal (PCdoB) e Lídice da Mata (PSB) e os deputados Joseildo Ramos (PT), João Carlos Bacelar (PL), Jorge Solla (PT), Afonso Florence (PT), José Nunes (PSD) e Zé Neto (PT).

Números no Estado da Bahia – base 2018  

•    Fecomércio-BA

92 mil beneficiados pelo Mesa Brasil e mais de 40 mil participações em ações esportivas 
25 mil atendimentos odontológicos e 38 mil alunos matriculados, sendo 25 mil com gratuidade 
90 mil matrículas, com 110 mil atendimentos nos restaurantes-escola e eventos


•    Faeb

152 mil pessoas atendidas em mais de 300 municípios 
247 turmas de programas técnicos e 2.223 propriedades atendidas


•    Fieb

66.533 empresas atendidas em todo o Estado
75 mil matrículas na educação profissional, sendo 18 mil com gratuidade

•    Sebrae

81% que se formalizaram após adesão aos projetos; mais de 610 mil atendimentos a pequenos negócios
45 missões empresariais e 137 novos líderes formados pelo Liderar o Futuro