Vacinação em massa é a solução para a pandemia, afirma Fecomércio-GO

AddToAny buttons

Compartilhe
25 A 26 dez 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Federação respalda gestão regionalizada de leitos proposta pelo governador em reunião para discutir avanço da covid-19
Federação respalda gestão regionalizada de leitos proposta pelo governador em reunião para discutir avanço da covid-19
Crédito
Fecomércio-GO

A vacinação em massa no menor espaço de tempo possível é a solução definitiva para a pandemia de covid-19 em Goiás e no Brasil, afirmou, no dia 17 de fevereiro, o presidente da Fecomércio-GO, Marcelo Baiocchi, após participar de reunião remota com o governador Ronaldo Caiado (DEM), prefeitos e líderes do setor produtivo a fim de discutir soluções para o avanço da covid-19. Baiocchi respaldou a proposta de gestão regionalizada de leitos e casos, apresentada pela administração estadual durante a reunião.

"Entendemos que a vacina é o grande caminho", afirmou o presidente da Fecomércio-GO. "Defendemos uma vacinação em massa e que o poder público, em especial a União, possa possibilitar que os municípios adquiram vacinas também", disse. "A Fecomércio-GO apoia a proposta da nota técnica de tratar individualmente a situação de cada município, algo que sempre defendemos", observou o presidente da entidade.

"Também entendemos que é hora de cada cidadão fazer a sua parte. São inadmissíveis festas clandestinas, aglomerações, é inadmissível que nós, sabendo o que está acontecendo, não façamos a denúncia, porque entendemos que o momento é de grande importância e relevância para a vida. As pessoas ainda não entenderam a gravidade do momento que estamos vivendo", afirmou Baiocchi.

O presidente da Fecomércio Goiás conclamou os líderes empresariais do setor do comércio de bens, serviços e turismo ao redor do Estado a participar das reuniões e ações para a aquisição de vacinas. "Queremos participar das discussões ativamente e convidamos os líderes do setor produtivo em cada região a procurar seus prefeitos para integrarem esses esforços. O problema não é do prefeito. O problema é de todos nós. Juntos, combateremos e venceremos a pandemia", disse.